Marketing digital para Advogados e escritórios de Advocacia: Como aplicar

marketing digital para advogados

O marketing digital para advogados é considerado bastante complexo, principalmente pelo fato de que existem normativas e provimentos que delimitam as práticas no mundo jurídico. 

Entretanto, é completamente possível criar estratégias de marketing de valor e estar de acordo com o Provimento 205/2021, que é o documento que regulamenta as práticas de marketing na advocacia. 

Para saber como aplicar o marketing digital para advogados e escritórios de advocacia, respeitando os valores da profissão, iremos te guiar nessa jornada. 

O que é o marketing digital e qual a sua importância para os advogados? 

Tal como todas as demais áreas e atividades econômicas, o jurídico e área do Direito se viram frente ao mundo digital e suas grandes possibilidades de atrair clientes. 

De modo geral, o marketing digital para advogados e para escritórios de advocacia utiliza de estratégias de marketing para construir um conteúdo de valor para o público, e isso inclui redes sociais, sites e vídeos. 

Além disso, também faz parte deste marketing gerar mais autoridade para o profissional ou para o escritório em que ele trabalha, obtendo destaque no meio digital dentro da sua área de atuação. 

Sendo assim, o marketing digital pode ser um grande aliado para os advogados, desde que ele cumpra as determinações do Provimento 205/2021 e o Código de Disciplina da OAB. 

Previsão do Código de Ética e Disciplina da OAB e o provimento 205/2021 

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é o órgão que fiscaliza e orienta o exercício da advocacia, coibindo práticas contrárias à conduta e garantindo o livre exercício do Direito. 

Nesse sentido, o Código de Ética e Disciplina da OAB dispõe também sobre as práticas publicitárias permitidas aos advogados. 

Um dos detalhes que mais merecem atenção ao falarmos de marketing para advogados é que o advogado pode anunciar os seus serviços profissionais, com discrição e moderação, para finalidade exclusivamente informativa. 

Além disso, também é vedada a divulgação em conjunto com outra atividade, já que o Direito não pode ser visto ou difundido como um produto mercadológico com publicidades apelativas e abusivas. 

Além disso, tanto o Código de Ética quanto o Provimento vedam termos como: “Ligue agora” ou ainda “Consulta Grátis”, além de precificação e ações que tornem a prática do Direito banal. 

Sendo assim, a publicidade permitida para advogados pode assumir a forma de produção de artigos de caráter informativos, tal como a explicação de dúvidas que estão relacionadas a assuntos jurídicos. 

Por fim, o Provimento permite o uso da internet como veículo de informação publicitária, e justamente aqui surge o marketing digital para advogados

Mas afinal, como trabalhar um marketing de valor e que seja capaz de atrair novos clientes, além de fortalecer a imagem profissional dentro do disposto pelo Provimento e Código de Ética? 

Como trabalhar o marketing digital para advogados? 

Conhecendo os limites e legislações acerca é importante lembrar que a internet será utilizada como um veículo para alcançar mais pessoas, atraindo-as. 

Nesse sentido, a chave do marketing digital para o jurídico é a produção de conteúdo de valor, também conhecido como Marketing de Conteúdo. Por meio dele, é possível produzir conteúdos voltado para o público-alvo, auxiliando você em todas as etapas, até esse público se tornar o seu cliente real. 

A seguir, trouxemos 03 (três) meios para trabalhar o marketing digital para advogados de maneira efetiva. 

1- Marketing de conteúdo para advogados 

A primeira maneira de trabalhar o marketing  para advogados é por meio do marketing de conteúdo, que tem como principal objetivo instruir o público-alvo, oferecendo a solução para os seus problemas.  Aqui, você pode utilizar diversos formatos de conteúdo, como por exemplo, produção de e-books informativos, e-mail marketing, artigos em site ou blog, vídeos, áudios, podcasts, dentre outros formatos. 

Contudo, antes de produzir conteúdo, é importante pensar qual será o seu público e como ele se comunica, para assim produzir conteúdos de valor e assim construir a autoridade no mercado. 

2- Mídia paga e orgânica 

Outra maneira de trabalhar o marketing digital para advogados é por meio da mídia paga e orgânica, as quais estão diretamente relacionadas com a produção de conteúdo. 

Dito isso, é importante destacar que a mídia orgânica é aquela onde o seu público vê, sem nenhum tipo de impulsionamento. Já a mídia paga é aquela onde você promove anúncios, fazendo com que o post chegue até o seu público desejado. 

Sendo assim, você pode anunciar os seus posts por meio do Google Ads, Facebook Ads ou até mesmo LinkedIn Ads, atraindo o público correto.  

3- SEO 

Por último, temos as estratégias de SEO, que estão relacionadas aos mecanismos de busca e a otimização dos seus conteúdos e site. 

Assim, você pode criar conteúdos no seu site ou blog, utilizando palavras-chaves corretas e links estratégicos, tendo bons resultados no Google e gerando assim a autoridade. 

Conclusão 

Apesar de ter regras e diversos aspectos, o marketing digital para advogados pode ser uma ferramenta efetiva para a sua carreira, atraindo os clientes corretos. Sendo assim, vale a pena investir na produção de conteúdo e no marketing digital, se posicionando e indo além do seu mercado local. 

A nossa agência trabalha com esse tipo de público também e trazemos bastante resultado para o seu negócio. Entre em contato conosco.

 

4.5/5 - (16 votes)
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
WhatsApp
Faça um Orçamento
Oi, Sanderson aqui,
Estou Online, vamos conversar sobre seu Projeto?